Forte abre exposição nesta sexta com presença de mestres

A exposição Os Nomes da Ciranda, o principal produto do projeto Paraty Ciranda, estará aberta ao público a partir desta sexta-feira (28) no salão principal do Museu Forte Defensor Perpétuo. Na abertura, será exibido o primeiro dos quatro minidocumentários realizados pela equipe do projeto, “No Tempo do Chiba”, com depoimentos dos mestres cirandeiros sobre os antigos bailes na cidade. Logo depois, um bate-papo e uma cantoria com os mestres animam a tarde (confira a programação abaixo).

A exposição homenageia a música tradicional de Paraty e os nomes que fizeram sua história. Vídeos e fotos inéditos, infografias, painéis, músicas, instrumentos e objetos pessoais ficarão até janeiro no Forte para trazer ao público um pouco do espírito da ciranda.

Croqui da aderecista Fernanda Macedo para o salão principal

Aproveitamos para abrir este canal de comunicação com o público para que todas as pessoas ligadas de alguma maneira à memória da ciranda em Paraty ajudem a enriquecer a pesquisa com acervos, histórias e informações. Você pode procurar a equipe do Museu Forte Defensor Perpétuo ou contactar-nos por este blog.

Nossa equipe tem o prazer de convidar toda a comunidade de Paraty e visitantes para participar da programação de abertura, que terá início às 14h30 e continuará ainda no sábado. O evento é parte das atividades da 6ª Primavera de Museus, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus/Ibram, que este ano terá como tema “A função social dos museus”.

Confira a programação para este fim-de-semana:

DIA 28/09 – sexta-feira

14h30 | Apresentação do projeto

15h00 | Exibição do minidocumentário No Tempo do Chiba, produzido pela equipe do Projeto Paraty Ciranda, sobre os velhos bailes de chiba

15h30 | Café na Roda: “Limpa banco: o chiba na roça e a ciranda na cidade”, bate-papo temático com a participação dos cirandeiros Seu Lourenço, Seu Amélio, Seu Bento, Pedrinho e Seu Verino, acompanhado de café e quitutes caiçaras

16h30 | Ciranda com o grupo Os Coroas Cirandeiros

Dia 29/09 – Sábado

14h30 | Exibição do minidocumentário Cantando Versos, produzido pela equipe do Projeto Paraty Ciranda, sobre a arte da criação de versos e do improviso dos mestres cirandeiros

15h | Café na Roda: “Os Versos – Conversa de improvisação”, bate-papo temático com os cirandeiros Seu Amélio, Julinho e Zé Malvão, acompanhado de café e quitutes caiçaras

16h30 | Ciranda com o grupo Os Caiçaras

Foto do acervo familiar de Seu Zezinho da Ramira (1º à esquerda): uma das muitas imagens históricas da exposição que fica no Forte até janeiro de 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s